Direito de resposta

Sou barraqueira! Falo mesmo, e daí?

untitled

Faz tempo que não escrevo um desses, mas hoje eu preciso liberar meu estresse! óóóóó

Recebi um comentário sobre o post “Como tratar os homens”, que foi bem interessante. Muitas coisas lá estão realmente certas, mas é o caso: É bom tratar bem o parceiro – Homem ou mulher -, mas não é por isso que você vai ser outra pessoa! Minhas “dicas” são formas de respeito mútuo, qualquer um pode fazer, sendo ruim, bom, chato ou não.

A moça que escreveu fez alguns tópicos, e alguns deles eu TENHO que comentar:

Sem dar pitaco – Hellowwww!! Me diga uma mulher que consiga ficar um dia sem dar pitaco em alguma coisa? É a ordem natural do universo, isso não se muda.

Sem ser insegura – Insegurança é normal e todo mundo sente. Você não pode controlar sua insegurança na frente de um homem, apenas treinar isso. Isso é ruim às vezes, mas, com isso, ou o homem se acostuma até a mulher aprender a ser segura, ou não fica com ela. Simples assim.

Sem ser mandona – Todo relacionamento tem limites. Se a mulher não souber ser mandona, o homem a faz de gato e rato. Toda mulher tem que saber se impor – mas sem exagero, hein?

Sem querer ser melhor que o futebol – Ou o homem quer a mulher ou o banheiro. Ele que decide.

Sem querer ser mais gostosa que o chopp dele da sexta – Homem gosta de beber – é verdade. Mas isso não significa que a bebida tem que ser melhor do que você. Homem que troca mulher por bebida é bêbado, isso é fato. Claro que homem tem que sair, assim como mulher tem também, mas comparar uma coisa com a outra? Nãnãnã – Mulher é mais gostosa que chopp sim, com certeza.

Sem se preocupar com o telefonema da ex namorada – Se tiver ligando demais, tem que saber por que é SIM. Não é pra prender demais, mas se deixar solto demais ai não tem quem segure.

Nao faça as coisas que fazia com os outros e por isso os perdeu, nao faça as coisa que lhe pareçam normais – Homem que deixa a mulher é porque realmente não valia a pena ficar. E sim, faça as coisas que você acha normal – poligamia não conta, isso eu já falei. Afinal, começou um namoro porque quis, agora se acostume com o jeito do outro. É por isso que um casal se forma: para conviver com as diferenças.

Mas, no todo, gatan, você estava certinha! Valeu pelo comentário!!

Bejoscomenta! :**

~ por Taberneira em Abril 3, 2009.

Uma resposta to “Direito de resposta”

  1. Gata,o fato de nao invadirmos o espaço do outro nao quer dizer que estamos deixando de ser nós mesmas ou capacho de homem algum,o importante é ser inteligente, se vc reclamar do chopp dele da sexta, ele vai com certeza achar que o chopp dele é melhor, afinal nao tem nenhuma neurótica no pé do ouvido do cra entende? e com certeza fazer amor é melhor que futebol, mas eles nao pensam assim, entao quando ele quiser ver jogo,o inves de ficarmos dando pitaco,devemos os distrair com alguma coisa,sei-la, ler um livro,algo que nos mtenha ali perto dele,mas sem pertubaçoes, o importante nao é estar juntos? então, o futebol dura ppouco mais que uma hora e é incrivel como as vezes destroi relaçao de anos,sejamos mais seguras,mais mulher, se voce é você mesmo e sabe o valor que tem,nao precisa estar querendo ser o centro das atençoes do benzinho, assim o benzinho se enche e manda catar coquinho.
    beijos e desculpa se penso assim,ta valendo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: