Livros que você deveria ler

Depois de algum tempo pensando, decidi que deveria fazer outra listinha… Sim, outra das minhas. Dessa vez, decidi fazer uma lista dos livros que você deveria ler, pelo menos, antes de morrer. São livros que, na minha opinião, são muito bons. Talvez eu até não tenha lido todos, mas vale a sugestão.

Artemis Fowl – O Menino Prodígio do Crime, Eoin Colfer. Um livro bastante interessante! Conta a história de um menino prodígio que, depois do desaparecimento do pai e de metade de sua fortuna, decide encontrar o outro das fadas e preencher o buraco de sua poupança. Artemis é um menino que não é nem um pouco sentimental, ou gentil. Ele definitivamente não se importa com ninguém e o único amigo que tem é seu guarda-costas, Butler. Mas quando finalmente ele consegue capturar Holly, uma elfo que vive no mundo subterraneo e capitã da força militar das fadas, Artemis vê todo o seu plano mudar drásticamente. Parece uma besteira, mas é BEM legal.


Pollyanna, Eleanor H. Porter. A história mais doce e contagiante que já foi escrita! Pollyanna é uma menina orfã que vai morar com a tia rica depois de ter perdido tudo. Com o seu famoso “jogo do contente”, que a menina diz ter aprendido com o pai, Pollyana faz amizade com toda a cidade onde mora, e consegue fazer com que o coração de sua tia rígida fique se encante com a pequenina, que apesar de não ter nada, está sempre feliz e alegre, contagiando a todos. Esse é um livro para aquelas pessoas que estão de bem com a vida, ou que desejam estar. O “Jogo do Contente” não ajuda apenas à pequena Pollyanna, mas também à todos aqueles que já leram esse magnifico livro.


O Mundo de Sofia, Jostein Gaarder. Um dos livros mais viajosos que eu já li na minha vida. Se você se interessa por filosofia, e quer saber o básico da vida de alguns filósofos, esse é o livro. Mas não só disso fala o livro. É uma história cheia de situações inesperadas, frases estranhas, vozes do além e um final aterrador e totalmente surpreendente. Uma mocinha que se vê metida num mundo onde tudo acontece, do mais normal, até o mais esquisito. Um professor que sai do nada começa a lhe dar aulas e filosofia, e mensagens para uma garota chamada Hilde começam a aparecer em todos os lugares! É um livro fascinante para aqueles que se aventuram na jornada do “Mundo da Sabedoria”.


Marley & Eu, John Grogan. Já assistiu o filme? Esqueça! O livro Marley & Eu é altamente emocionante, engraçado, estusiasmático e com uma boa história para contar. Você se emociona, contagia, acha graça e ainda tem boas piadas para contar aos seus amigos depois. Não só pela história, mas também por saber que são fatos reais, você se sente tocado pela trama, e muitas vezes pode até chorar com a história. Um ótimo livro para aqueles que gostam do gênero Biografia.


A Arte de Correr na Chuva, Garth Stein. É, um outro livro de cachorro, mas, dessa vez, narrado por um. O dócil e amado terrier Enzo narra a história de seu dono, Denny, que é um piloto de corridas fascinado por Ayrton Senna. Ele vive as experiências da família, e as narra de uma maneira crítica, observadora e, muitas vezes, humorada. A história basicamente é sobre o seu dono, que passa por uma situação muito difícil e delicada: os sogros querem tomar a sua filhinha, depois que a mãe da menina morre, e usam de muitos meios para que isso aconteça. É uma história emocionante e muito empolgante. Para quem leu Marley & Eu e gostou, leiam esse. Para quem não gostou, leia também.

Harry Potter, J. K. Rowling. O quê?? Harry Potter?! Pois é. Apesar do que nós vemos nos filmes, Harry Potter não é somente um filme sobre um garoto que sabe fazer magias e vive uma vida conturbada. Não. Harry Potter é mais que isso. A escritora J. K. Rowling fez um novo universo, dentro do nosso universo. Leis, fauna, flora, um Estado dentro de um Estado, todas essas magias, e, no final de tudo, uma lição de moral. Uma das melhores coleções que já li, e olha que eu já li muito.


O Dia do Coringa, Jostein Gaarder. Sim, ele apareceu duas vezes nessa lista. Jostein Gaarder! Pra quem gosta de filosofia, os livros de Jostein são um prato cheio, mas não tanto quanto O Dia do Coringa! Narra a história de um garoto, chamado Hans-Thomas, que parte com seu pai, um ávido colecionador de Coringas, para encontrar sua mãe na Grécia, onde ela foi se “encontrar”. Nesse meio tempo, Hans-Thomas se descobre conectado a uma pessoa em uma pequena cidade chamada Dorf, e também, a uma rede de pessoas conectadas à mesma cidade. Com um livrinho e uma lupa, Hans-Thomas acaba descobrindo uma história que transforma totalmente seu jeito de pensar.


O Hobbit, J. R. R. Tolkien. Quando li esse livro, a sensação que tive ao terminá-lo foi de intensa felicidade! Com uma narração ao mesmo tempo muito descritiva e engraçada, Tolkien nos leva à Terra Média, onde narra as aventuras do pequeno Bilbo Bolseiro, um Hobbit do Condado. Acompanhado de anões, Bilbo atravessa a Terra Média enfrentando diversos desafios e encarando todos com seu jeito hobbit de ser: levemente preguiçoso, silencioso e sempre prestativo. Não é a toa que Tolkien é um dos mais, se não O mais, aclamados autores do gênero.


Eragon; Eldest; Brisingr, Christopher Paolini. Assistiu ao filme “Eragon” e não gostou? Esqueça-o. Leu o livro “Eragon” e não gostou? Continue! A saga “A Herança” conta a história de um jovem fazendeiro fadado a um destino sem volta: ser um cavaleiro de dragão. Eragon, o protagonista da história, passa muito tempo sem saber ser um cavaleiro. Sua jornada até os Varden, um povo rebelde que luta contra o maldoso Rei Galbatorix, é cheia de perigos e impecilhos, mas a história não termina por ai. Recomendo ler não apenas um, mas todos os livros da saga. A história é incrivelmente contagiante, engraçada e cheia de coisas novas a cada minuto. Na minha opinião, o que mais impressiona não é o cavaleiro de dragão, e sim todo o povo que luta junto a ele. Eragon, ainda sendo um novato, não é perito em lutas, mas aqueles ao seu lado conseguem ser fortes e obstinados, o que deixa a saga ainda mais emocionante. Um ótimo livro pra quem gosta desse gênero.

O Senhor dos Anéis, J. R. R. Tolkien. Uma coleção que, de jeito nenhum, pode faltar na sua lista de “livros que você deveria ler”. Não é à toa que Tolkien é um dos maiores escritores da literatura estrangeira. O Senhor dos Anéis conta aquela velha história que todo mundo conhece: Frodo Bolseiro, um Pequeno do Condado, é encarregado de uma missão terrível: destruir o Um Anel, artifício malévolo criado pelo ardiloso Sauron para controlar todos os outros Anéis do Poder, que fora entregue a todas as raças viventes na Terra Média e além. A coleção é dividida em três livros maravilhosos que garantem ao leitor longas horas de entretenimento e alegria – porque é uma felicidade ler esse livro. Apesar da linguagem altamente descritiva e, às vezes, um pouco pesada, a história compensa cada segundo gasto folheando as páginas de contos antigos, que retratam elfos, anões, homens, hobbits e orcs numa jornada incrível.

Exitem mais um milhão de livros que eu poderia sugerir para vocês, mas dai vale a sua procura! Ser apaixonado por livros é um dom, uma arte que merece ser exercitada a cada segundo de nossas vidas! =D

Empolguei geral!

No mais, curtam as sugestões, e caso tenham alguma para me dar, ficarei imensamente feliz!

~ por Taberneira em Fevereiro 9, 2010.

5 Respostas to “Livros que você deveria ler”

  1. Já li a maioria e adorei!

    Tinha que ter o FOWL …¬¬’

    O dia do coringa? Interessante procurarei…

  2. Bom tenho uns pra indicar do Saramago:

    Caim

    Ensaio Sobre a egueira

    O Evangelho Segundo Jesus Cristo

    A Bagagem do Viajante

    Satolep do Vitor Ramil

    O Ovo Apunhalhado do Caio Fernando Abreu

    Tao Te King do Lao Tse

    Bhagavad-Gita da Krishna

    e pra terminar Sete Anos no Tibet, esqueci o nome do autor.

  3. eu ja li quatro vidas de um cachorro que tb é narrado pelo proprio animal eu ja acabei de ler e nossa é muito bom!!esse a arte de correr na chuva tb deve ser otimo não é?

  4. Gostei bastante da lista. Meu amor por Literatura de Horror veio Aqui dar o palpite. K. Lê. Espero que goste.
    Fantasmas do século XX – Joe Hill
    A estrada da noite – Joe Hill
    It (A coisa) – Stephen King
    O gato preto – Edgar Alan Poe

  5. Bom jah li a maioria…
    Mas a escritora q me encanta muito é Lygia Bojunga,ela tem muitaaaa mas muita imaginação…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: